Monday, February 4, 2013

timbuktu, tombuctu (e a liberdade)

matéria de sonhos literários, libertada do inimigo fundamentalista. sobre isto tenho a dizer o mesmo que Fernando Alves na sua crónica, agradecendo a Hollande a intervenção na guerra nós-eles que decorre.

a liberdade é preciosa, a liberdade de ler, de fumar, de comer, de saber a verdade.


imagens de Tyler Hicks para ver no NY Times. no mesmo artigo: Quotation of the Day: "They belong to all of humanity. It is our duty to save them." — Ali Imam Ben Essayouti, who hid ancient manuscripts from extremists who had invaded Timbuktu, Mali.

e verdade, verdade: não vimos nenhum presidente americano descer as ruas dos países 'libertados'.

por outro lado, verdade, verdade: que outros tesouros da humanidade estão sendo e foram já destruídos pelas armas 'libertadoras'? as mesmas palavras com tantos sentidos.






No comments:

 
Share