Tuesday, September 30, 2014

fall(ing)




passados anos, mas não muitos, Lázaro já não se lembrava do que tinha sucedido e como tinha sucedido. por cada infortúnio que as suas actividades (ou a falta delas) provocavam, deitava chispas àquele que o tinha arrancado da cova.

alguém se tinha esquecido de uns óculos escuros em cima de uma pedra. ao longe, escondi-me atrás das bocas vermelhas para não ser um borrão azul forte na imagem alheia que vinha do arco. agora é olhar para cima e ver as nuvens passar, algumas mais baixas do que outras, a velocidades diferentes.

o som das folhas.



No comments:

 
Share