Friday, January 16, 2015

'La peur doit changer de camp'

diz o ministro belga depois de uma noite agitada de caça ao jihadista.


"A França é o país onde todas as semanas aparece o problema de uma funcionária de supermercado ou escola que pretende trabalhar de rosto completamente tapado mas onde paralelamente as activíssimas associações ditas de livre pensamento, que se calam respeitosamente perante a actividade dos fundamentalistas islâmicos, exigem com urgência que se proíbam os presépios nos espaços públicos. O país onde as autoridades se regozijaram porque na noite da passagem de ano foram incendiados apenas 940 automóveis: afinal em 2014 tinham sido contabilizadas 1 067 viaturas queimadas. (Já agora quantas notícias se leram sobre estes factos na imprensa portuguesa? Será que os jornalistas não sabem francês ou simplesmente não estão preparados para dar notícias que não cabem na sua quadratura do mundo?)"

é preciso não ter andado pela europa para não ver o que se passa. a globalização não são só cuecas e jeans mas também é isto: uma pequena cidade como Verviers tem uma mesquita somali, um imã marroquino, uma grande comunidade tchechena. 12% por cento da população são estrangeiros,6000 em 55000. a Le Pen é um elefante na sala que todos (os portugueses, com a nossa moral e os nossos princípios) fingem não ver. a Le Pen existe por alguma razão, assim como as borbulhas e os torcicolos aparecem por alguma razão. um excelente artigo sobre Verviers. a europa implode e não se diga que a história se repete, não se repete nada, tudo é diferente e depende das circunstâncias. a situação explosiva de uma pequena cidade que são muitas pequenas cidades europeias. li que a Bélgica é o centro do jihadismo europeu, era bom era. o jihadismo europeu está em toda a parte, felizmente menos entre nós, portugueses fixes e bonzinhos.

as discussões sobre a liberdade de expressão têm sido educativas e tristemente trágicas. felizmente não argumento desde o meu final nos blogues, cheguei à conclusão que era uma perda de tempo, uma inutilidade, uma futilidade. ouço e é tudo. por exemplo, estou-me nas tintas para que me imponham seja o que for. o conceito de 'integração', não sei quem o criou, mas está errado. integrar o quê em quê? os ciganos devem ser integrados? e paga-se por isso? mas porque se paga para que eles deixem de ser ciganos? se eu fosse cigana, teria orgulho em sê-lo. é 'heart warming´como damos sempre o exemplo do português imigra, como prova que sim, que nos 'integramos' e que não andamos a matar ninguém. também tenho orgulho de não andarmos a matar ninguém, mas é preciso ver que para outros o orgulho é andar a matar alguém. e o que fazer com eles? pagar-lhes para que sejam iguais a nós? isso nunca mas nunca vai acontecer. toda a gente sabe ou devia saber que (ao contrário da ideia propagada actualmente, nem sei porquê), o dinheiro não compra tudo.

não era em França o país da liberté que não se podia usar fios ao pescoço com uma cruz porque não se podem usar símbolos religiosos? isto foi feito para evitar que os muçulmanos exibam sinais de serem muçulmanos. tapar o sol com a peneira. eles são muçulmanos e eles estão lá, escusam de os esconder ou disfarçar. os políticos, os bem pensantes, os bem intencionados têm feito disto uma bela salada. agora há os contra os a favor do papa e os a favor dos cómicos. a batalha do ridículo. dar um murro a quem diz mal da minha mãe (uma coisa de gajo, afinal) não tem nada a ver com entrar numa revista premeditadamente e dizimar toda a gente. santa paciência ou ateia paciência. o sarilho é tão grande e brinca-se aos cowboys. se os media fossem sérios em vez de andarem a armadilhar e a tecer idiotices, talvez existisse mais noção do real e menos selfies. mas isso também não vai acontecer.

- -

'One Light'

What are "I" and "You"?
Just lattices
In the niches of a lamp
Through which the One Light radiates.

"I" and "You" are the veil
Between heaven and earth;
Lift this veil and you will see
How all sects and religions are one.

Lift this veil and you will ask---
When "I" and "You" do not exist
What is mosque?
What is synagogue?
What is fire temple?

Mahmud Shabistari

--


Awakened by your love,
I flicker like a candle's light
trying to hold on in the dark.
Yet, you spare me no blows
and keep asking,
"Why do you complain?"

Rumi


No comments:

 
Share