Monday, September 21, 2015

vantagens de passar uma hora preciosa de vida fechada dentro de um carro preso na hora de ponta

nenhumas. mas... ouve-se por exemplo Fernando Alves, um jornalista (os outros são outra coisa) a falar sobre um resineiro. choque: não me lembro do cheiro da resina. sei que o tem, sei que adorava senti-lo, mas não me lembro dele. também não sabia que se chamava resineiro. brasil e japão, de onde vem a cola. lembrei-me que fazia cola com a resina que eu tirava das árvores, que sabia fazer e que, quem sabe, ainda consigo passar isso para o mais novo.

No comments:

 
Share