Sunday, December 13, 2015

real abadia












serras de aires e candeeiros, onde se escuta a terra-mãe no coração da pedra. não será possível transmitir esse sentimento neste momento. talvez fosse, mas não agora. semelhante só a lagoa das sete cidades, para mim, dentro da terra com as nuvens a passar lá fora.

o arquitecto do real abadia divertiu-se e diverte com ele, faz lembrar o humor, o detalhe, o olhar e a brincadeira que pode ser um edifício, neste caso acessível, sustentável e inspirador. o que faltou? chefe na cozinha de sábado, chá e café no quarto. de resto, perfeito e digno do meu único dia de férias do semestre. nas colinas verdes em redor, as cores de portugal em dezembro, invisíveis galos degladiam cantos.

No comments:

 
Share