Sunday, May 29, 2016

nacional é bom

Os abusos de dinheiros públicos para privados que nunca ninguém devia ter sancionado (começou nos favores à igreja e continuou nos favores aos amiguinhos) têm servido para mostrar ódios inusitados a quem tem filhos em colégios, ao nível do insulto mais baixo, inclusivamente por pessoas bem conhecidas e respeitadas da sociedade portuguesa. Que desilusão. Por variadas razões sempre tive filhos no privado, foi a minha escolha, uma escolha não paga pelo estado. Aliás, eu ajudo a pagar um sistema de que não usufruo mas com o qual concordo. Sou totalmente contra os "subsídios" ao privado. Na saúde é outra cega-rega para muito pior. 

Essa malta "amarela" devia era ter noção da injustiça que defendem. Quem são as vítimas? Acabam por ser eles mesmos,  esses pais, e filhos especialmente, que foram levados a acreditar que este era uma direito que lhes assistia. Ainda se fossem bolsas de mérito... 
Outra fonte de ódios inusitados tem sido a mesquita da mouraria, mas aí a novidade é menor. Porque apesar do sangue que nos corre nas veias, estamos ainda convencidos de que corremos com a moirama, como se "eles" não fossemos nós.

No comments:

 
Share