Monday, September 19, 2016

'Mountains May Depart', Jia Zhangke

e finalmente 'Mountains May Depart', o último filme de Jia Zhangke. os actores são os mesmos, a temática a mesma, o local o mesmo, outro grande filme. a novidade absoluta é a mudança radical de lugar e de língua na terceira e última parte do filme que se passa em 2025. eu diria que Zhangke está melhor no presente e no passado. a sua visão do futuro em Melbourne está fraca, limitada, cliché até, enfim, um peixe fora de água (nota para o tablet e o telefone, transparentes e muito bonitos mesmo espero que alguém se inspire e os desenhe assim).

o espelho até certo ponto da história recente da China, sem os fervores e as mortes da onda comunista mas numa morte lenta, uma revolução silenciosa e letal. Zhangke deveria talvez adoptar para si a palavra 'saudade', o peso da sua melancolia é um gigante à solta em toda a sua obra.

an entire oeuvre dedicated to the tragic effects of capitalism in China.





a menina do clip acima quer que o filme seja sobre triângulos amorosos, mas não é. é sobre o capitalismo.

No comments:

 
Share