Friday, September 5, 2014

café ao fim do dia


com ajuda do novo combo jordaan, mas este lowy/rijks. há automóveis neste meu café que eu não conheço. não que eu seja especialista, de muito longe, mas vejo-os e imagino-lhes o preço. nos últimos seis meses tem sido um rodopio incrível de automóveis que nunca tinha visto e cujos preços eu nem imagino. à direita da fotografia um homem vendia um iate a outro: viam catálogos e falavam de registos, de equipamentos e pormenores técnicos (o de Malta, by the way).

há cidades que ensinam o passado e o futuro, simultaneamente. no final de um domínio, segue-se o caos e a destruição. por vezes recupera-se alguma coisa ou constrói-se noutro lado como o renascimento surgiu da morte de Constantinopla, por vezes perde-se tudo irremediavelmente como com a dizimação da Pérsia pelos mongóis, quando o mundo em geral caiu num buraco negro de séculos (a população da Pérsia caiu de dois milhões e meio para 250 mil). receio o que se segue.

absolutamente interessantíssimo (leu Sebald, decerto. como passo a vida a encontrar Sebald), The Architecture of Violence de Eyal Weizman. (warfare commited by architects).

violência também no pânico com que cidadãos comuns fogem de um doente infectado com ébola e o clima de medo que se instala: os maridos que não tocam as mulheres infectadas, os pais que não aconchegam os filhos, os filhos que abandonam os pais. o medo. as poucas cenas que se vêem nas notícias e as que se imaginam não devem ser muito diferentes das que se viveram no tempo em que a peste negra morava na europa (assim como não pode haver demasiadas fotografias de Galata, também há um Pamuk para as ocasiões noticiosas, históricas e pessoais. um Pamuk de obsessão e cálculos, como os cálculos feitos por pelos duplos de Beyaz Kale - "Eager to gain further power at court, Hoja conspires with his double to think of ways of reducing the risk of plague through the exercise of Western hygiene. Cats, for instance, are brought in to get rid of the rats that infest the city, although the sultan is told that these rats are really Satan in disguise. The scheme works, and the plague is banished. Hoja is elevated to Imperial Astrologer.") haverá hoje também "imperial astrologers" subindo na hierarquia à custa da tragédia alheia? que pergunta. 





No comments:

 
Share