light gazing, ışığa bakmak

Sunday, July 10, 2016

Portugal!!


For weeks the French press has belittled the Portuguese team, calling it 'small Portugal', 'discusting', and such other less proper names. When Ronaldo was hit Le Soir commented it was another bone off of France's way. We Portuguese have had such difficult years, an economic crisis that lasted more than 3 years, thousands of small businesses and families going bankrupt, European rules bending us down (like Greece), our best generation, thousands, being forced to immigrate, international banking considering the Portuguese credit as "garbage", and unending corruption.
So well deserved this win, we are endlessly happy. it's just a game, and it's more than a game.

e agora em tuga, um texto com o qual eu - por acaso - concordo:

"Domingo, às oito da noite, vamos ver muito mais do que um jogo de futebol. Em campo estará a Selecção de um país que nos últimos anos viveu uma das piores crises da sua história, que sofreu um empobrecimento brutal, que viu as suas gerações mais preparadas fugirem para outras paragens. E é muito simbólico que joguemos em Paris, a segunda cidade portuguesa, o lugar onde há 50 anos desaguaram gerações inteiras que fugiam da guerra, da ditadura e da pobreza. Então eu digo isto: a nossa glória de domingo é a glória dos trolhas e das porteiras, dos licenciados que não arranjam emprego, dos velhos que não têm dinheiro para medicamentos. Repito: isto não é só um jogo de futebol. Isto é um dia para nos orgulharmos de quem somos, mesmo quando o resto do mundo diz que não valemos um chavo.
O nosso inimigo em campo não é França, nem é a Alemanha. É toda a austeridade que sofremos, é toda a humilhação por que passámos, é chamarem-nos abaixo de lixo. Domingo é dia de vivermos acima das nossas possibilidades. Temos de jogar contra o ministro das finanças alemão. Temos de jogar contra o extremismo racista de Le Pen. Temos de jogar contra a falta de solidariedade europeia. Temos de mostrar que uma equipa de portugueses ciganos, portugueses brasileiros, portugueses africanos e portugueses de classes baixas é melhor do que qualquer discurso xenófobo. Tombem o gigante, rapazes, conquistem a montanha, ou pelo menos morram a tentar. Domingo é nosso, aconteça o que acontecer. Estamos vivos, mostrem-nos, mostrem-lhes. E se não ganharmos, que se foda."
(Texto de Ricardo J Rodrigues)

2 comments:

Okan Dinc said...

Çok sevindim
Gönülden tebrik ederim

Ana V. said...

❤️ çok teşekkür ederim arkadaşım!

 
Share